Reflexão do mês de Setembro

Todo mês a Fazenda da Esperança propõe uma reflexão no Dia a Dia com Esperança. Confira a de Setembro:

Palavras vivas para ser um

No decorrer deste mês, convidamos você a uma reflexão sobre a relação entre a Palavra de Deus e o próximo:

“A Palavra de Deus traduzida em vida, uma por uma, assim começou uma prática que perdura até hoje, passados sessenta anos, e jamais se esgotará.”

Em 1948, Chiara Lubich escrevia:

Entendemos que o mundo tem necessidade de um tratamento de […] Evangelho, pois a Boa Nova pode dar-lhe novamente a vida que lhe falta.

Por isso é que vivemos a Palavra de Vida. […]

Encarnamo-la em nós até sermos aquela palavra viva. Cada Palavra do Evangelho é igual à outra porque contém a Verdade, como um fragmento de Hóstia Santa contém Jesus.

Bastaria uma palavra para nos santificarmos, para sermos Jesus.

E todos podemos vivê-la, qualquer que seja a vocação, qualquer que seja a idade, o sexo, a situação em que estejamos, porque Jesus é Luz para cada homem que vem a este mundo. […]

Desse modo e só desse modo: amemos, fazendo a verdade! Caso contrário, o amor é um sentimento vazio. […]

Sejamos Evangelhos vivos, Palavras de Vida, outros Jesus! […] e imitaremos Maria Santíssima, a Mãe da luz, do Verbo, o Verbo vivo.

Não temos outro livro fora o Evangelho, não temos outra ciência, outra arte. Quem encontra a Palavra não morre.

Mas logo percebemos que a vida da Palavra nos faz um entre nós.

E, embora distantes, um nas montanhas, outro na praia, uma Luz, imperceptível aos sentidos, pelo mundo desconhecida, mas prezada por Deus, nos unirá […] mais do que qualquer outra coisa. É a Palavra de Vida.

Podemos ser um somente com a condição de cada um ser outro Jesus, outra Palavra de Deus viva.

 

Para aprofundar a reflexão sobre a temática

apresentada, indicamos o livro

A Palavra de Deus,

de Chiara Lubich (Ed. CidadNova, 2012)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *