Missão da Fazenda feminina no México

As jovens que fazem parte da Escola de Comunhão chegam ao México para participar da missão de abertura da primeira Fazenda feminina no país. E assim elas escrevem contando, confira:

Chegamos a Cidade do México sem passar por problemas na imigração, foi uma grande graça, pois uma menina que vinha da Colômbia para a missão foi deportada um dia antes, por isso vimos que desde esse momento, Deus já estava abençoando nossa viajem.

Esperamos algumas horas no aeroporto e no amanhecer fomos visitar a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, a nossa Virgem padroeira da América, Ela nos deu forças para começar a nossa missão, não temos dúvida que nessa visita recebemos muitas graças.

Depois seguimos para Guadalajara e nos instalamos na Fazenda feminina, Padre César nos recebeu e carinhosamente preparou tudo para nossa chegada, até um jantar feito  pelos meninos.

Na segunda começamos com a meditação e o café, começamos com a divisão das cores e as responsabilidades das missionárias. Durante o dia fizemos a organização e planejamento da casa e pensamos nas tarefas da semana. Foi também a chegada da Diana, Loren e Martín, que para nós foi um milagre recebe-los, pois foram detidos pela migração e quase deportados, a vontade de Deus que ajudou na entrada deles.

Iniciamos nossa terça feira com a celebração da Santa Missa Padre César, que também ofereceu um retiro para nos preparar espiritual e culturalmente para a missão. Após do almoço assistimos a partida da Colômbia na casa do pároco da comunidade, que com muito amor nos acolheu, ele é uma pessoa tímida, mas conseguimos conquista-lo e ganhar a confiança e o sorriso dele. Quando terminou a partida voltamos a casa para continuar os trabalhos de organização da casa.

Na quarta feira Começamos com a meditação que funcionou como alimento para a alma, após continuamos com as tarefas em casa, uma boa faxina, que deu um toque diferente na casa. Fizemos também as compras da casa no povoado, que já foi uma oportunidade para falarmos o que é o carisma para aqueles que perguntavam “Quem são vocês?”. Participamos da Missa na paróquia, onde tivemos a oportunidade de construir relacionamento com as catequistas da comunidade, que convidamos para conhecer a Fazenda e nos ajudar com o jardim e aceitaram com muita felicidade.

Logo cedo fomos conhecer a Fazenda masculina, onde os meninos prepararam um gostoso almoço mexicano, assistimos o jogo do Brasil em companhia deles. Participamos da missa celebrada por Padre Mário, que nos acolheu com carinho e abençoou a nossa missão. Voltamos de tarde para Jocotepec. Tivemos um momento de convivência muito lindo entre nós, com muitas risadas e unidade.

Fizemos os preparativos para começar a primeira missão de divulgação nas igrejas, metade do grupo viajou para outra cidade e participaram de duas Missas e ficaram lá. A outra turma ficou na fazenda para acolher benfeitoras que estavam interessadas em conhecer a fazenda, contamos para elas a história da Fazenda e os testemunhos, ficaram tão tocadas que deram 5 mil pesos de providencia ao sair.

A turma que ficou em casa; Juliana e Martín estavam doentes e cedo conseguimos que uma médica atendesse de graça. Após participamos de 4 Missas numa paróquia muito pobre e fomos muito bem acolhidas pelo pároco que nos apresentou calorosamente na comunidade, foram muitas a vendas e as providências, fomos também acolhidas por uma família quem nos preparou churrasco.

A turma que foram na cidade de Ocotlan, participaram de 6 Missas, demos os testemunhos e falamos da fazenda. Fomos muito bem acolhidas pelas famílias dos ES, que nos apresentaram a gastronomia Mexicana.

Estão sendo dias de Graças a missão no México, em breve enviamos mais notícas.

Paz e Bem

2 ideias sobre “Missão da Fazenda feminina no México

  1. Ricardo marques

    parabens meninas acompanhei um pouco da caminhada de voces… adorei participar da via sacra com voces momentos unicos que estamos sempre na presença de DEUS unidos como irmãos no espírito santo.Nas missas,nos encontros nas gravações na retorno a vida.. ha não posso esquecer da minha querida Sara…DEUS te abençoe sua missão e muito importante tenho orgulho de ser seu amigo quando cantou na via sacra num gesto simples para fazer um irmão feliz.
    Sara para voce e as meninas tenha FÉ. O caminho é longo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *