Diário da Escola Missionaria Internacional

A Escola Missionária Internacional está na Alemanha e eles escrevem contando as belas experiências que vêm fazendo no decorrer desses dias:

04/06 Foram preparados dois grupos distintos: um, o menor deles, se dirigiu para a penitenciária de Bielefeld para uma missa junto com os presidiários. Nesta visita, missionários e integrantes do Gen Rosso formaram o coral. Houve oportunidade para que um dos missionários contasse sua experiência pessoal com a perda da liberdade, sua vida criminosa e a transformação que conseguiu através da vivência do evangelho. Frei Hans deixou claro em sua homilia que Deus nos quer para grandes coisas, maiores que o sofrimento. Ao final deste momento, alguns reeducandos manifestaram o desejo de conhecer a Fazenda. O segundo grupo, que permaneceu na Fazenda, ficou para a preparação da festa de verão que contou com grande número de pessoas da comunidade. Famílias inteiras (até mesmo com seus animais de estimação), casais, crianças, estudantes universitários tiveram a oportunidade de passar um dia agradável dentro da Fazenda mergulhados no Carisma da Esperança.

É necessário dizer que é exatamente nesses momentos de descontração que a comunidade se sente atraída a conhecer cada vez mais a nossa história e o que oferecemos: Deus.

No final da tarde, a capela lotada assistiu à missa celebrada por frei Hans que contou com a presença do bispo da diocese e padres convidados para o evento.

Mais uma vez atingimos os corações daqueles que se sensibilizam com a transformação operada pela vida de amor recíproco.

05/06 Nosso programa de hoje nos levou para a cidade de Köln (Colônia); uma cidade que também é considerada santa assim como Roma ou Jerusalém. Partimos bem cedo e lá chegando fomos recebidos por Teresa, uma ES que nos acolheu junto com seu marido no salão paroquial da igreja de São Roque. Assim que o grupo se completou com a chegada das meninas, tivemos a missa realizada por frei Hans, padre Paulo, padre Joachim – um dos padres que acompanha a Fazenda na Alemanha e o padre local. A comunidade presente compareceu para conhecer o nosso carisma.

Em seguida, após o almoço, com a presença de membros da comunidade assistimos a um vídeo, produzido em 2014, sobre a Fazenda da Esperança na Europa. O vídeo traz depoimentos de moças e rapazes que passaram pela recuperação. Após esta apresentação, Luci contou um pouco de sua história pessoal e também como surgiu o Centro Feminino e então foi aberto um momento de perguntas e respostas em que pudemos nos fazer conhecer por aqueles que participaram com suas perguntas.

Todos juntos então fomos conhecer a catedral de São Pedro, a mais importante da cidade e uma das mais importantes da Europa, que construída no estilo gótico, levou mais de 600 anos para ser totalmente terminada. Esta capela contém as relíquias dos três reis magos e uma das cruzes mais antigas do cristianismo que, tendo mais de 1000 anos de idade, representa Jesus Cristo crucificado, morto, com seus olhos fechados. Foi um momento de instrução e muita curiosidade que explicou toda a exuberância que pode ser vista dentro e fora da catedral. Vale a pena deixar anotado que a beleza também preenche o coração que está aberto para o conhecimento.

06/06 Hoje certamente foi um dia bastante especial para nós da Escola Missionária Internacional. Acordamos todos bem cedo mais uma vez e nos dirigimos para Bélgica para conhecermos algumas instalações em que possivelmente poderá nascer uma nova unidade da Fazenda Esperança.

Passando por território holandês, chegamos à cidade de Peer, na Bélgica, onde fomos recebidos calorosamente pela comunidade que nos acolheu e juntos, na igreja local, assistimos a missa celebrada num misto de alemão, italiano e belga pelo padre Toni, frei Hans, padre Paulo e padre Joachim.

Almoçamos juntos à comunidade no salão paroquial e partirmos para a cidade de Hasseld, em que mora o bispo Dom Patrick que mais tarde nos recebeu para um jantar em sua casa.

Os fundadores e alguns responsáveis das Fazendas alemãs partiram para conhecer esse novo espaço que está sendo oferecido para a criação de uma nova Fazenda e de lá voltaram bastante entusiasmados com o que viram. Deus agora há de mostrar o caminho a ser seguido.

Nós missionários passamos a tarde conhecendo algumas igrejas da cidade e também um pouco de sua vida urbana.

Reunimo-nos todos então à casa do bispo onde pudemos conhecê-lo e demonstramos um pouco de quem somos. Cantamos, jantamos e abençoamos. Ouvimos o seu desejo de que, em breve, possamos estar também na Bélgica. Tudo leva a crer que Deus nos quer lá.

07/06 Nosso programa hoje nos levou para Paderborn, cidade em que frei Hans e padre Paulo viveram sua juventude e foram ordenados padres.

Chegamos, Gen Rosso, moças e rapazes missionários em Paderborn e fomos recebidos pelas irmãs do convento que leva o nome de “Casa de Maria Imaculada”. Reencontramo-nos com os irmãos da comunidade Shalom e todos juntos tivemos um momento de partilha que começou com a apresentação de Nelson que contou a história do surgimento da EMI e também a experiência da graça que tem sido vivermos e trabalharmos juntos. O momento seguiu com a apresentação das irmãs do convento que contaram um pouco sobre a história de irmã Paulina, fundadora da obra. Falaram sobre sua vida de religiosidade e cuidados com os pobres, os cegos e os mais necessitados. Frei Hans também falou sobre as experiências da Escola e sobre as vocações que surgem para aqueles que saem de si e colocam Deus em primeiro lugar; suas renúncias e a radicalidade delas amando concretamente e deixando Deus ser Deus em suas vidas. Os irmãos da comunidade Shalom falaram sobre o seu carisma e suas experiências com a vivência do evangelho.

No período da tarde, fomos divididos em quatro grupos que visitaram projetos sociais auxiliados pela Casa das irmãs. Esses projetos trabalham com moradores de rua, dependentes químicos, doentes psiquiátricos e jovens adolescentes que buscam se profissionalizar. São todos projetos de reintegração e dignificação do ser humano.

Fomos recebidos por Dom Mathias, bispo auxiliar de Paderborn na catedral da cidade, onde estão as relíquias de São Libório e São João Paulo II, nos explicando a história da cidade e da construção da catedral. Em seguida assistimos a missa celebrada pelo bispo e fomos recebidos num centro de convivência católico para um churrasco com presença de alguns estudantes universitários.

Nelson e frei Hans partiram para a Angola onde será aberta nova Fazenda. Aproveitarão este período para visitar também a Fazenda de Portugal. Paz e Bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *